Anuncie Aqui Topo 728x90

Prefeitura isola área onde duas embarcações encalharam na Praia do Forte e retira destroços que se acumularam na areia

Ação ocorreu para evitar riscos a banhistas até que as escunas sejam retiradas completamente.

Por Vinicius Pereira em 07/01/2020 às 09:20:08

Uma ação conjunta entre a Defesa Civil e a Guarda Marítima Ambiental atuou, nesta segunda-feira (6), no isolamento da área da Praia do Forte, onde duas embarcações de passeio, Aloha III e Bracuhy, encalharam no último dia 31 de dezembro. Além desse trabalho, uma equipe da Comsercaf fez a retirada de destroços que estavam na areia. A ação ocorreu para evitar risco aos banhistas já que o mastro de um dos barcos ameaçava cair.


"Com a demora na retirada das embarcações, uma delas, a Aloha III, se despedaçou com a força das ondas, o mastro ficou inclinado e soltando do assoalho, oferecendo risco aos banhistas que estavam no local. Por esse motivo resolvermos isolar o local até que as embarcações sejam totalmente retiradas", explicou o superintendente da Defesa Civil, Marcio Soren.


A Guarda Marítima notificou o dono da escuna, suspendeu as atividades da empresa no município e abrirá posteriormente um processo administrativo através da Secretaria de Turismo que irá avaliar a retirada ou não da concessão da empresa para operar em Cabo Frio.


"Cabe a Guarda resguardar a população e tomar as medidas cabíveis para avaliação da qualidade do serviço oferecido pela empresa e se a mesma tem condições de seguir oferecendo os serviços. Não temos prazo específico para a retirada total das duas embarcações, pois depende do proprietário, uma vez que a responsabilidade de retirada e inteiramente dele.", explicou o superintendente da Guarda Marítima e Ambiental, Jean Pierre de Cristo.


O secretário de Meio Ambiente, Mario Flávio informou que o proprietário foi notificado para que fosse feita a retirada do combustível da embarcação. "A retirada ocorreu logo pós a notificação. Nossa preocupação era evitar que esse óleo fosse derramado no mar, causando impactos ambientais", comentou.


A Comsercaf retirou os destroços da embarcação que se acumularam na areia. Cerca de 15 funcionários fizeram a coleta com o auxílio de 1 retroescavadeira, 1 pá mecânica e 3 caminhões. A escuna Aloha III vai ser totalmente retirada até o fim do dia.


A Capitania dos Portos é responsável por definir os prazos para retirada da embarcação Bracuhy, que segue encalhada na Praia do Forte.

Comentários