Anuncie Aqui Topo 728x90

Bolsonaro diz que tendência do preço do combustível é se estabilizar, mesmo com tensão EUA-Irã

Governo tem reuni√Ķes nesta segunda para discutir eventuais impactos da crise do Oriente M√©dio sobre os pre√ßos de combust√≠veis.

Por Wagner Diniz em 06/01/2020 às 09:47:33
Presidente

Presidente

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (6) que a tend√™ncia do pre√ßo do combustível no Brasil é se estabilizar, mesmo com a tens√£o no Oriente Médio entre Estados Unidos e Ir√£.

Na madrugada da sexta-feira (3), um ataque norte-americano nas proximidades do aeroporto de Bagd√°, no Iraque, matou o general iraniano Qassem Soleimani. O governo do Ir√£ prometeu retalia√ß√£o e, em meio à escalada da tens√£o, o pre√ßo do barril do petróleo teve forte alta na semana passada. Ir√£ e Iraque est√£o entre os maiores produtores do mundo.

"Reconhe√ßo que o pre√ßo est√° alto na bomba. Gra√ßas a Deus, pelo que parece, a quest√£o l√° dos Estados Unidos e Iraque, do general l√° que n√£o é general e perdeu a vida [Soleimani], n√£o houve... O impacto n√£o foi grande. Foi 5% passou para 3,5%. N√£o sei quanto est√° hoje a diferen√ßa em rela√ß√£o ao dia do ataque. Mas a tend√™ncia é estabilizar", afirmou o presidente.

Representantes do governo t√™m reuni√Ķes marcadas para esta segunda para discutir eventuais impactos da crise no Oriente Médio sobre os pre√ßos de combustíveis no Brasil. Bolsonaro deve participar de algumas dessas conversas.

Fonte: G1

Coment√°rios