Anuncie Aqui Topo 728x90

Prefeitura de Cabo Frio promete fechar folha de dezembro até fim da semana

Atendimento em unidades de saúde chegou a ser afetado ontem por falta de pagamento.

Por Vinicius Pereira em 29/01/2020 às 16:57:16

A Prefeitura de Cabo Frio informou ontem que a folha de dezembro será encerrada ainda nesta semana com o pagamento dos servidores contratados e comissionados da saúde. Ontem, enfim, os contratados da Educação receberam os salários referentes ao mês passado. Os efetivos que recebem pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) tiveram depositados os salários de janeiro e o equivalente a um terço de férias.

Pela estimativa da prefeitura, divulgada em nota para a reportagem, os salários do mês de janeiro serão pagos ao funcionalismo municipal pago até o quinto dia útil de fevereiro, ou seja, até o próximo dia 7. Sobre o 13º salário, a única previsão é para os servidores da Educação, que devem receber até o próximo dia 10.

Por causa das incertezas quanto ao pagamento, o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle e do Hospital de Tamoios foi afetado. Segundo relatos passados para a reportagem, nas duas unidades, apenas casos considerados mais graves estavam sendo atendidos em parte do dia. A Folha esteve ontem à tarde na UPA e encontrou o atendimento normalizado, com quatro médicos na clínica médica e um na sala vermelha (casos graves), de acordo com a administração.
Segundo relatos de funcionários da unidade, pela manhã, houve reunião de médicos com a direção para cobrar uma solução sobre o pagamento dos salários e o atendimento ficou lento. Houve reclamação e viaturas da polícia chegaram a ficar na porta da UPA, mas não houve confusão e o funcionamento da unidade foi normalizado tempos depois.

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que não houve paralisação dos servidores, mas disse que os médicos do setor de emergência estavam atendendo pacientes classificados para a área amarela e vermelha, ou seja, casos gravíssimos, com necessidade de atendimento imediato, e casos urgentes, que demanda atendimento rápido.

A Secretaria ressaltou ainda que os atendimentos emergenciais passam por uma triagem para determinar a classificação de risco e que o método é validado pelo Ministério da Saúde e segue as recomendações sobre a Política de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS). Por fim, esclareceu que atendimentos ambulatoriais estão funcionamento normalmente.

Sindicato da Educação manteve greve – Em assembleia realizada na noite de anteontem, na Escola Municipal São Cristóvão, os profissionais da Educação de Cabo Frio decidiram manter a greve decretada desde o começo do mês passado, até que a prefeitura pague tudo o que deve a todos os funcionários.

Segundo o sindicato da categoria, o Sepe Lagos, "embora a prefeitura tenha realizado alguns pagamentos por meio dos recursos do Fundeb, finalizando a folha de pagamento de dezembro, grande parte da categoria continua sem salários e sem direitos como o 13º salário e férias, principalmente os trabalhadores que recebem por meio dos recursos próprios". Além disso, o pagamento dos 35% referentes ao 13º salário de 2016 dos aposentados segue pendente.

Reportagem da Folha dos Lagos.

Fonte: Rodrigo Branco / Folha dos Lagos

Comentários